VIAGEM-TESTE
por Suzane Carvalho


KASINSNKI PRIMA 500

       

     A Kasinski está lançando este mês a PRIMA 500, um mini scooter elétrico com motor Brushless de 500 W de potência e autonomia para rodar até 40 Km. O carregamento da bateria de chumbo ácida 48V/12 Ah é simples, e você pode fazê-lo em qualquer tomada. Ela é pequena e fica embaixo do banco.

     O mini scooter é o segundo fabricado no Brasil, e é montado pela CR Zongshen na fábrica da Kasinski em Manaus. Tem design moderno e harmonioso, rodas de liga leve, suspensão traseira monochoque, cavalete central, aro 14 e freios a tambor nas duas rodas, mas bastante eficientes.

     Mede 1m e 70 cm, pesa só 65 Kg e o entre-eixos relativamente grande, de 1 metro e 20 cm a deixa com uma excelente manobrabilidade e pode ser usada também pedalando.

     Vem com um pequeno baú na traseira, além de um gancho para colocar sacolas ou o capacete, entre as pernas.

     A velocidade máxima declarada é de 35 Km/h, mas na descida do viaduto do Autódromo de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, chegou a 45 no velocímetro.

     O painel, além da carga da bateria, mostra velocidade e tem luzes indicadoras de seta e farol alto. É, ela tem tudo isso.

     É muito bonitinha, gostosa de guiar, e excelente opção para deslocamentos internos como condomínios, parques e autódromo, claro. E custa apenas R$ 2.490,00. Tem opção de cores azul ou rosa.

     No primeiro bimestre de 2011, as bicicletas elétricas com a marca Velle, também fabricadas em Manaus, já estarão à venda.

     A CR Zongshen, empresa fabricante da Kasinski, está construindo uma fábrica só para produtos elétricos em Sapucaia, no estado do Rio de Janeiro, fronteira com Minas Gerais, e para tal, fechou parceria com a Light, que tem 20% do capital.

Kasinski Prima 500 Kasinski Prima 500

SUZANE TESTA A PRIMA 500 DA KASINSKI. Fotos: Marcelo Moreira




05 de Janeiro de 2012